Skip to content

Conexão com Atores e Dançarinos

No final de agosto, foi a defesa da minha Dissertação de Mestrado no Instituto de Artes da Unicamp, sob orientação da Profa. Dra. Antonieta Marília de Oswald de Andrade.

O meu trabalho teve como ponto de partida a idéia de que o Método Feldenkrais de Educação Somática pode ser um interessante parceiro no treino e no desenvolvimento de dançarinos de diferentes técnicas e estilos.

A expectativa, ao longo do processo, era saber se os dançarinos participantes do projeto perceberiam diferenças em seu treino cotidiano após terem vivenciado o processo proposto.

Para captar a idéia de cada participante sobre dançar, treinar e sobre o processo vivido durante o estudo utilizei entrevistas e observação de desempenho dos dançarinos enquanto realizavam seus treinos (gravados em vídeo), antes e depois de passarem pelo processo de seis horas de aula de “Consciência Pelo Movimento” do Método Feldenkrais de Educação Somática. Os resultados obtidos confirmaram a minha expectativa de que os dançarinos podem ser beneficiados pelo Método Feldenkrais de Educação Somática.

Quando da apresentação dos treinos, ao final do processo das aulas de “Consciência Pelo Movimento”, todos sentiram diferenças, para alguns, muito intensas e visíveis, para outros menos visíveis. “A”, dançarino de Dança Contemporânea, teve a sua caixa torácica reorganizada e mudou muito a sua postura na barra e a qualidade de seus exercícios e de sua coreografia. “B”, dançarina de Odissi, aprendeu a se organizar muito melhor para as posturas que o Odissi exige, e lhe possibilitou maior precisão em seus movimentos, e mais presença cênica, por assim dizer. “I”, dançarina de Ballet Clássico, ganhou mais equilíbrio e aprendeu a fazer os seus movimentos “menos durinha”, com menos tensão. “B”, que dança Flamenco, descobriu que poderia dançar com menos esforço, dar menos impulso e ter um ganho de equilíbrio. “M”, dançarina de Hip Hop conseguiu integrar o movimento dos seus braços aos movimentos de seu corpo, de forma que eles tivessem maior participação em sua coreografia.

A partir destes resultados, e pela minha experiência, posso afirmar  que resultados positivos também são conseguidos em trabalhos realizados com outros artistas que precisam de precisão e de amplo repertório de movimentos voluntários para que seja possível transformar em ação uma intenção ou uma criação imaginada, como atores e músicos, entre outros.

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: